24/11/2010

Livre?

Ao ponto que ganho conforto de brinde vem o desconforto.


Trazes consigo as coisas que em mim faltam
e por alguns instantes sou completo.
Porém com tua partida às leva de volta.
Deixando-me no escuro, no frio, no vácuo da minha solidão.
Tento livra-me das correntes dos teus carinhos,
liberta-me da jaula da minha imaginação
e ser livre das carícias que desejo.
Pois sei que as minhas anciãs são impossíveis de ser realizadas,
são coisas que não iram sair da minha cabeça
e alcançar o mundo real.
Quero ser livre desses desejos, desses tormentos, dessas fantasias.
Quero ser livre de você!
No entanto, livre também torna-se impossível de ser alcançado
porque só encontro a liberdade
quando estou contigo.

4 comentários:

Anônimo disse...

karak ta virando filosofo?poha ta mto massa seu blog velho!!!!!!
te amo mto melhor professor de portugues do mundoo!!

Delchiawon disse...

Virando filosofo? kkk's... essa é nova por aqui! Valeu é ajuda de vc's da beleza da vida, da verdade que é Deus, que ocasiona tudo isso!

Te amo tb! Para com essas coisinha!

Se cuida!

Will disse...

ONCE AGAIN: NO WORDS !!!!!!!!!!!!!

Delchiawon disse...

kkkk's... Esse texto é de prender mesmo!

Postar um comentário

Comenta ai o que você achou ....