29/12/2014

Preciso que você me deixe

Você pode ler esse texto escutando Youth




Por favor, preciso que você me deixe.
Que saia da minha cabeça,
Das minhas lembranças,
Das canções que escuto,
E Dos lugares onde vou.
Minhas noites de sono só voltaram quando você se for.
Vá embora e me deixe voltar 
Para os meus amigos,
Para minhas atividades,
Para as minhas alegrias.
Enfim... para minha vida
Por favor, pare de me fazer chorar, pare de perturbar meu silêncio. Você não precisa voltar. Só precisa ir. Somente assim serei só eu de novo.

28/12/2014

Não é tão fácil quanto parece

Você pode ler esse texto escutando Lay me down



Como é possível esquecer, apagar, deletar, fingir que alguém nunca existiu na sua vida? Se, de fato, ela existiu. Se era com ela que você dividia seu dia. Compartilhava seus sonhos. Era ela que te completava.

Como é possível da noite para o dia não mais acreditar que ela nunca existiu? Imaginar que você nunca precisou dela? Se na sua vida está cheia de decisões que você analisou e tomou junto com ela.

Como é possível não sofrer hoje por não está partilhando das suas conquistas? Não está sabendo das coisas da sua vida? Se até ontem você me perguntava a minha opinião. Não decidia nada sem ver meu ponto de vista.


Posto fotos exalando alegria e sorrisos tentando me enganar que está tudo bem, mas a verdade é que a cada dia torna-se difícil colocar um sorriso e dizer que está tudo bem. Que você não faz mais falta. Se sim, você faz muita falta! 

É cada vez mais difícil não chorar dentro do ônibus. É cada vez mais difícil não ver a nossa história nas músicas e nos textos que leio. Você ainda está impregnado em mim. Por mais que eu tente te esquecer a coincidência, ou o acaso, ou o destino, ou as lembranças ou todos eles juntos, só me fazem lembrar você.

 E, você sabe como sou muito sensitivo, seja o clima, os cheiros, as situações, os locais, um traço seu parecido em outra pessoa, sempre me fazem lembrar dos nossos momentos, não sei se ainda posso chamar de nossos ou somente meus, mas tudo tem um pouquinho de você, tudo me faz lembrar você.

Por favor, preciso que alguém me ensine como esquecer, apagar, deletar ou pelo menos conseguir viver sem você, pois fingir que você não existiu não existem forças em mim para fazer isso com nós.