08/05/2012

Vida


Descobri esse grande escritor esses dias. Estava tão perto e eu nem notava esse grande dom dentro da minha própria sala de aula.  

"Vida"

A vida é uma taça na corda bamba,
Que pende pros lados e ameaça cair.
A vida é a nota final da roda de samba.
E os misteriosos dias que estão por vir.

A vida é o verso no final de cada poesia,
A clave inicial de infinitas sinfonias.
Ela é o sorriso bonito dos dias,
E a culpada de todas as agonias.

A vida são os grandes amores de ontem,
Os sonhos mais belos de outrem,
E as tristezas que cantam mártir.

A vida é tudo aquilo que ainda não chegou,
Os dias que foram vividos no passado ...
E as incertezas que o futuro reserva.

A vida , em vida, é uma certeza só...
O fim da linha pode ser qualquer esquina.
Por isso a vida é hoje, só hoje, e só ...
Viver é lutar por um agora melhor.


Foto: http://blog.cancaonova.com/fotosquefalam/


05/05/2012

Desejo de um novo olhar



Queria fechar olhos e ter a certeza que quando os abrisse tudo seria diferente.

Delchiawon

03/05/2012

Ser humano: qual é a vantagem?



Primeiramente, vou me apresentar, já que estou aqui como convidada no blog do Xandyhihi.. 
Meu nome é Marina, tenho 19 anos, sou estudante de Psicologia e tenho a graça de ter o Alexandre como meu irmão de grupo de oração da comunidade católica Shalom.. 
Enfim, apresentações feitas, hoje eu queria compartilhar com vcs uma coisa que há algum tempo vem me incomodado um pouco.. como eu já disse, sou estudante de Psicologia e, algumas vezes [minto: não raras vezes] sou obrigada a ler/assistir/ouvir algumas coisas que não fazem muito sentido para mim e, na verdade, não deveriam fazer sentido pra ninguém mas, por incrível que pareça, elas fazem :S 
Esses dias, assisti a um documentário de uma feminista que apresentava a história de uma mulher que sofreu um estupro e engravidou a partir dele.. a mulher não queria ter o filho, nenhum médico quis realizar o aborto e ela acabou tendo a criança mas algum tempo depois, ela matou sua filha afogada em uma banheira.. 
Eu sei que a história é trágica, está super-resumida e tem muitas questões que poderiam ser problematizadas, mas não é esse o meu interesse com esse texto, o que me incomodou foi a forma com que o documentário colocou as informações de modo que todos que assistissem pensassem que, se a mulher tivesse realizado aquele aborto, todos os seus problemas teriam sido resolvidos e ela teria sido feliz.. 
Então, uma pessoa da minha turma falou mais ou menos assim “ah, amor de mãe é construído socialmente! Por isso quando uma mulher não ama o seu filho, todos olham para ela como se ela fosse um monstro, mas isso pode acontecer.. ainda mais quando esse filho é fruto de um estupro, ela vai olhar pra ele e lembrar do acontecimento.. nós temos exemplos na natureza de mães que parem os filhos e depois não ligam para eles, amor de mãe é socialmente construído 
Na hora eu fiquei meio em choque e não falei nada, acho que porque, realmente, não encontrei palavras ou gestos ou expressões que chegassem perto de exprimir o que eu senti.. Fiquei pensando a que ponto a humanidade chegou: de nos compararmos aos animais e querermos ser igual a eles.. Como assim?! 
Como assim se nós somos FILHOS de Deus, se temos uma alma e, mais ainda, fomos presenteados com a CAPACIDADE DE AMAR, por quê escolhermos não amar? Por quê escolhermos ser iguais aos animais? E, pior, por quê achar que a falta de amor, o abandono e a morte são bons.. acho que a pergunta não seria por quê.. mas, de verdade, eu queria entender COMO alguém chega a pensar assim.. 
Enfim.. acredito que a grande diferença que nos separa de todas as outras criaturas, também feitas por Deus, é justamente o amor que o Pai tem por nós e a capacidade que nós temos de amar.. 
E se nada disso fizer sentido, ou nada disso importar para nós, realmente, não há vantagem alguma em sermos humanos.. 

Que o Espírito Santo de Deus reafirme em nós, a cada dia mais, essa pertença a Deus e a nossa vocação primeira que é o AMOR =) 

Shalom! 

Marina Costa
Foto: http://blog.cancaonova.com/fotosquefalam/

02/05/2012

O porquê




" O Porquê é dos incertos, dos que não sabem esperar, dos que esperam, mas mesmo assim nunca tem a resposta, dos que tem a resposta, mas sempre enfiam mais um Por quê?"
Priscila Rodrigues

Foto: http://blog.cancaonova.com/fotosquefalam/

26/04/2012


24/04/2012

AutoConhecimento




Eu não sabia que tinha esses medos,
que sofria por causa desses desejos.
Eu não via esses erros, essas quedas,
essas mazelas, essas lágrimas.
Eu não sentia essas dores, essas fraquezas,
essa impotencialidade.
Eu não era tão frágil, tão medroso, tão necessitado.
Eu não me conhecia até te conhecer.

14/04/2012

Dor

Entender, não consigo 
Compreender, talvez um dia, 
Mas Sentir,  sinto hoje 

14/03/2012

Testemunho sobre santidade dado no Programa "O amor vai falar" na rádio Maria


Bom dia! Meu nome é Alexandre, filho de Deus, batizado, vocacionado da Comunidade Católica Shalom, estudante de Letras.
E antes de começar a testemunhar quero que meditemos um pouco sobre uma frase que o Senhor me deu durante as minhas orações e está fazendo toda diferença na minha vida. A frase é a seguinte “Não existem erros quando nos decidimos por Deus”.
Quando fui chamado a testemunhar fiquei me perguntando o que diria. Foram tantos os questionamentos que só dei a resposta no outro dia, pois com o decorre da minha vida fui aprendendo que todas as respostas e decisões devem ser tomadas em oração diante do Senhor. E ao montar este texto não foi diferente, foi diante Dele que escrevi.
Eu perguntava a Deus quais palavras usar, que frases ficariam mais bonitas. Em resposta o Senhor dizia que não que é preciso palavras e nem frases bonitas. É preciso falar com a vida, porque um santo não é conhecido por suas palavras, mas sim por sua vida. A partir disso fui entendo o que eu precisava dizer sobre mim. Fui percebendo que era necessário fala da minha busca constante pela santidade, porque eu sou o Santo que a humanidade procura hoje. É pela vida minha vida e o meu testemunho que eles irão conhecer a Deus. Eu sou o santo que o Papa João Paulo II tanto desejou e de que o mundo tanto precisa.
Digo para você ouvinte a santidade é um caminho de felicidade e para felicidade. Sim, é um caminho muito difícil, mas feliz. Cheio de obstáculos, renúncias, decisões, porém que conduz ao Eterno. Falo disso por experiência própria, que são batalhas todos os dias, no entanto a felicidade que possuo e possuirei é muito maior.
E você também é chamado a esse caminho, a essa vocação. Aqui me lembro das palavras do meu fundador Moysés Azevedo que vai dizendo “Nosso alvo é a santidade, não por presunção, mas por vocação, pois todos os homens a isto são chamados.”. É acreditando nessas palavras que todo homem é chamado à santidade, é que me determino a buscar a vontade de Deus, a sair do pequeno mundo chamado eu e partir para o grande mundo chamado outro, e ter um amor incondicional a Jesus Cristo.
E aqui volto à frase que inicie o texto sobre os erros e a decisão por Deus. Eu afirmo com total consciência que durante toda a minha história não houve uma vez que me decidi por tudo aquilo citado e principalmente por Cristo que fui infeliz ou errei. Pelo contrário foram sempre acertos e felicidade constante.
Hoje olho para os santos e vejo o quanto amaram a Deus e a sua santa vontade, o quanto eram íntimos Dele, o quanto eram livres. Vendo-os e que tomo a determinação de também como eles fazer da minha vida um evangelho, uma bíblia onde as pessoas possam conhecer a Jesus Cristo.
Termino com uma frase do Moysés que me encoraja na vocação de ser santo “Sim, pai não é fácil, mas eu desejo, eu quero, eu vou, amém.”. Espero que ela também possa sustenta a sua decisão.
Encontre meus irmãos, em Deus a força para alcançar a santidade, pois antes mesmo que seja um desejo teu é um desejo Dele.
Shalom




08/03/2012


Voltei. Não porque quisesse volta, mas necessidade de volta.