18/02/2011

Não deveria...



Onde está o seu olhar a clarear o meu rumo?

Cadê o seu sorriso a me encorajar?

Cadê os seus braços de proteção e aconchego?

Onde está você?

Sei que não deveria me sentir assim

Mas me sinto só


Estou perdido na sua ausência

Não sei lutar sozinho

Sinto falta das suas palavras

Sei que não deveria me sentir assim

Mas me sinto só


O futuro e os sentimentos querem me derrubar.

Principalmente os sentimentos

Eles não sabem o que querem

Me deixam na indecisão do futuro

Sei que não deveria me sentir assim

Mas me sinto só


Muitos apareceram. Arrancaram um ou dois sorrisos.

Mas, não conseguiram sanar o vazio que lateja aqui dentro,

que só você sanaria

Sei que não deveria me sentir assim

Mas me sinto só


A chuva! Ah, a Chuva! Grande parceira de tristeza.

Ontem, ela veio me visitar,

aumentando meu frio, a minha solidão e o meu desânimo para a vida.

Ela que é usada para transcrever a melancolia,

tornou-se minha amiga

escondendo as minhas lágrimas que chegam ao chão.

Sei que não deveria me sentir assim

Mas me sinto só


Ao contrário de outros textos. Este não terminará

Com finais encorajadores, com reflexões positivas e superação das dificuldades

Porque hoje eu não sei como fazer isso

Sei que não deveria me sentir assim

Mas me sinto só.

2 comentários:

Priscila Rodrigues disse...

Nossa padrinho vc ta se sentiindo assim ?!
palavras um pouco doidas essas rs'
profundas ;]

Delchiawon disse...

Um pouco ...

Muito doidas e profundas!

"Sei que não deveria me sentir assim"

Postar um comentário

Comenta ai o que você achou ....